Benefícios e riscos da atividade física para diabéticos

Como vimos anteriormente, os exercícios podem oferecer inúmeros benefícios para os portadores de diabetes, porém é necessário que se conheçam os possíveis riscos que um programa de treinamento pode trazer diante desta patologia.

Diabetes 2

Nessa segunda parte será ressaltada a importância da prática regular de atividade física, explicando pontos chaves, tais como: benefícios, riscos, diferenças entre aeróbios e anaeróbios, etc

Desarmonia corporal

A “síndrome da desarmonia corporal”, pode estar relacionada a diversos fatores,como doenças crônico-degenerativas e celulite, podendo ser facilmente perceptível na maioria das vezes, mas em alguns casos o seu diagnóstico não é tão fácil.

Miostatina

A miostatina é um gene que regula negativamente o crescimento muscular, ou seja, ela limita o tamanho do músculo

Meios para maximizar a recuperação pós-treino

É comum observarmos indivíduos treinando corretamente, alimentando-se o melhor possível e dormindo 08 hs. por noite e mesmo assim sentindo-se cansados ou sem pique para suportar o treinamento do dia seguinte

Quanto você pesa

As pessoas fazem tudo para reduzir o seu o peso total, porém o baixo peso não representa, necessariamente, uma estética adequada aos valores padronizados socialmente e muito menos critérios de saúde

Gordura marrom e UCP: causas da obesidade?

A gordura marrom possui um enzima denominada UCP que, resumidamente, faz com que o corpo perca energia como calor, ao invés de armazena-la. Desta forma fica o questionamento: serão elas relacionadas à obesidade?

Causas do envelhecimento

Até o presente momento a ciência não conseguiu descobrir o verdadeiro motivo pelo qual os seres vivos envelhecem. Mas algumas hipóteses foram levantadas…

É possível envelhecer com saúde?

Ainda hoje o conceito de saúde pode ser confundido e expressado apenas como a ausência de doenças, mas a OMS define saúde como o estado em que o indivíduo se encontra em perfeito bem-estar físico, mental e social

Novos neurônios

Paulo Gentil faz uma análise científica de uma das maiores dúvidas da humanidade